English: HIV/AIDS in childhood and adolescence
Español: VIH/SIDA en la niñez y en la adolescencia
Português: HIV/AIDS na infância e na adolescência

Cristiane Cardoso de Paula Cris, Ivone Evangelista Cabral, Ivis Emilia de Oliveira Souza, Crhis Netto de Brum, Clarissa Bohrer da Silva, Stela Maris de Mello Padoin

Abstract


Objective. To analyze the theme HIV/AIDS in childhood and adolescence, its characteristics and trends, in Brazilian scientific production between 1983 and 2010.

Methodology. Review of 121 quantitative and qualitative descriptive studies.

Results. 81% of the production comes from the South-East/South of the country. In the 1980’s, a balance is observed between experience reports (50%) and research (50%). Seventy percent of the papers were produced between 2003 and 2010. The most frequent theme analyzed with regard to childhood was care delivery (75%), against prevention in adolescence (72%). Studies related to HIV/ AIDS in emphasized clinical-epidemiological aspects (70%), while sociocultural studies predominated for the adolescent period (90%), with a preventive trend.

Conclusion. The scientific production under analysis is coherent with the Brazilian policy to cope with the epidemic and addresses all care levels related to this public health problem.

Key words: adolescent health; child health; acquired immunodeficiency syndrome.


How to cite this article: Paula CC, Cabral IE, Souza IEO, Brum CN, Silva CB, Padoin SMM. HIV/AIDS in childhood and adolescence. Trends in Brazilian scientific production. Invest Educ Enferm. 2013;31(2): 277-286.


References


(1) Pinto AC, Pinheiro PN, Vieira NF, Alves MD. Compreensão da pandemia da AIDS nos últimos 25 anos. DST - J Bras Doenças Sex Transm. 2007; 19(1):45-50.

(2) Silva SF, Pereira MR, Neto RM, Ponte MF, Ribeiro IF, Costa PF. AIDS no Brasil: uma epidemia em transformação. RBAC. 2010; 42(3):209-12.

(3) Carvalho FT, Piccinini CA. Aspectos históricos do feminino e do maternal e a infecção pelo HIV em mulheres. Ciênc Saúde Colet. 2008; 13(6):1889-98.

(4) Brasil, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST/AIDS. Boletim Epidemiológico AIDS/DST. Brasília: Ministério da Saúde; 2011.

(5) Silva RA. Situação atual de crianças e adolescentes portadores de HIV no Brasil. FIEP Bull. 2011;81(Special Edition): Article II.

(6) Barcellos C, Acosta LM, Lisboa EP, Britto MR, Flores R. Estimativa da prevalência de HIV em gestantes por análise espacial, Porto Alegre, RS. Rev Saúde Públ. 2006; 40(5):928-30.

(7) Barbosa RM, Facchini R. Acesso a cuidados relativos à saúde sexual entre mulheres que fazem sexo com mulheres em São Paulo, Brasil. Cad Saúde Pública Rio de Janeiro. 2009; 25(Sup 2):S291-S300.

(8) Pereira AJ, Nichiata LY. A sociedade civil contra a AIDS: demandas coletivas e políticas públicas. Ciênc Saúde Colet. 2011; 16(7):3249-57.

(9) Greco DB. Ética, Saúde e Pobreza - As doenças emergentes no século XXI. Bioética. 1999; 7(2):189-98.

(10) Araújo MA, Araújo TL, Damasceno MM. Conhecimento em HIV/AIDS de 1998 a 2005: estudos publicados em periódicos de enfermagem. Esc Anna Nery. 2006; 10(1):126-31.

(11) Oliveira DC, Costa TL, Gomes AM, Acioli S, Formozo GA, Heringer A, et al. Análise da produção de conhecimento sobre HIV/AIDS em resumos de artigos em periódicos brasileiros de enfermagem, no período de 1980 a 2005. Texto Contexto-Enferm. 2006; 15(4):654-62.

(12) Bardin L. Análise de conteúdo. 6th ed. Lisboa: Edições 70; 2011.

(13) Rodrigues RCV, Peres HHC. Panorama brasileiro do ensino de Enfermagem On-line. Rev Esc Enferm USP. 2008; 42(2):298-304.

(14) Loyola MA, Corrêa MC, Guimarães ER. Cooperação internacional na área da Saúde Coletiva: propostas para um debate. Ciênc. saúde coletiva. 2010; 15(4):2007-20.

(15) Freitas CM, Tambellini AM, Schultz GE, Bertolini VA, Netto FA. Quem é quem na saúde ambiental brasileira? Identificação e caracterização de grupos de pesquisas e organizações da sociedade civil. Ciênc. saúde coletiva. 2009; 14(6):2071-82.

(16) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Cursos recomendados e reconhecidos [Internet]. [cited 2011 Nov 30]. Available in: http://conteudoweb.capes.gov.br/conteudoweb/ProjetoRelacaoCursosServlet

(17) Costa RF, Carvalho AZ, Fialho AV, Moreira TM, Queiroz MV, Jorge MS. Cuidado de enfermagem ao adolescente: análise da produção científica de 2001 a 2007. Ciênc cuid saúde. 2010; 9(3):585-92.

(18) Aquino EM. Gênero e saúde: perfil e tendências da produção científica no Brasil. Rev Saúde Pública. 2006; 40(spe):121-32.

(19) Campos CJG, Turato ER. Análise de conteúdo em pesquisas que utilizam metodologia clínicoqualitativa: aplicação e perspectivas. Rev Latinoam Enferm. 2009; 17(2):259-64.

(20) Departamento de Ciência e Tecnologia, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Ministério da Saúde. Programa de fomento à pesquisa para os sistemas e serviços locais de saúde: gestão compartilhada em saúde. Rev Saúde Pública. 2006; 40(6):1131-36.

(21) Elias FS, Souza L. Indicadores para monitoramento de pesquisa em saúde no Brasil. Ci Inf Brasília. 2006; 35(3):218-26.

(22) Guimarães R. Pesquisa em saúde no Brasil: contexto e desafio. Rev Saúde Pública 2006; 40(Esp):3-10.

(23) Santos TC. As diferentes dimensões da sustentabilidade em uma organização da sociedade civil: Uma análise da prática social do grupo de apoio à prevenção à AIDS da Bahia. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro. 2007; 2(2):61-76.

(24) Grangeiro A, Silva LL, Roberto TP. Resposta à aids no Brasil: contribuições dos movimentos sociais e da reforma sanitária. Rev. Panam. Salud Publica. 2009; 26(1):87-94.

(25) Paiva V, Ayres JR, Segurado AC, Lacerda R, Silva NG, Silva MH. A sexualidade de adolescentes vivendo com HIV: direitos e desafios para o cuidado. Ciênc saúde coletiva. 2011; 16(10):4199-210.

(26) Cheque P. A Prevenção da Infecção pelo HIV e as Novas Tecnologias. Rev Tempus Actas Saúde Col. 2010; 4(2):114-30.

(27) Santos AL, Azevedo JM. A pós-graduação no Brasil, a pesquisa em educação e os estudos sobre a política educacional: os contornos da constituição de um campo acadêmico. Rev. Bras. Educ. 2009; 14(42):534-605.

(28) Oliveira DC, Formozo GA, Gomes AM, Acioli S, Marques SC, Costa TL, Hering A, et al. A produção de conhecimento sobre HIV/AIDS no campo da teoria de representações sociais em 25 anos da epidemia. Rev. Eletrônica Enferm. 2007; 9(3):821-34.

(29) Souza TS, Cabral IE, Paula CC. Adolescer de crianças infectadas por transmissão vertical do HIV: implicações para o cuidado de enfermagem. Rev Enferm. UFSM 2011; 1(3):326-33.

(30) Oliveira DC, Costa TL, Gomes AMT, Acioli S, Formozo GA, Heringer A, et al. Análise da produção de conhecimento sobre o HIV/AIDS em resumos de artigos em periódicos brasileiros de enfermagem, no período de 1980 a 2005. Texto contexto Enferm. 2006; 15(4):654-62.

(31) Bernardes EH, Pereira MJ, Souza NR. Atenção Primária à Saúde Diferente de Prevenção e Promoção. Ciência et Praxis. 2008;1(1):47-52.

(32) Cruz EF. Infâncias, adolescências e AIDS. Educ. rev. Belo Horizonte, 2007; (46):363-84.

(33) Schaurich D, Medeiros HMF, Motta MGC. Vulnerabilidades no viver de crianças com AIDS. Rev Enferm UERJ. 2007; 15(2):284-90.

(34) Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Recomendações para Terapia Antirretroviral em Crianças e Adolescentes Infectados pelo HIV: manual de bolso/ Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Programa Nacional de DST e AIDS. Brasília: Ministério da Saúde; 2009.

(35) Botene DZ, Pedro EM. Implicações do uso da terapia antirretroviral no modo de viver de crianças com AIDS. Rev Esc Enferm USP. 2011; 45(1):108-15.

(36) Gomes AMT, Cabral IE. O cuidado medicamentoso à criança com HIV: desafios e dilemas de familiares cuidadores. Rev Bras Enferm. 2009;62(2):252-7.

(37) Rodrigues AS, Jesus MC, Silva LS, Oliveira JF, Paiva MS. Representações sociais de adolescentes e jovens vivendo com HIV acerca da adolescência, sexualidade e AIDS. Rev Eletr Enf. 2011; 13(4):680-7.

(38) Silveira A, Neves ET. Crianças com necessidades especiais de saúde: tendências das pesquisas em enfermagem. Rev Enferm UFSM. 2011; 1(2):254-60.

(39) Paula CC, Cabral IE, Souza IE. O cotidiano do ser-adolescendo com AIDS: momento ou movimento existencial. Esc Anna Nery. 2009; 13(3):632-9.

(40) Paula CC, Cabral IE, Souza IE. O cotidiano de crianças infectadas pelo HIV no adolescer: compromissos e possibilidades do cuidado de si. DST J Bras Doenças Sex Transm. 2008; 20(3-4):174-9.

(41) Ribeiro AC, Paula CC, Neves ET, Padoin SM. Perfil clínico de adolescentes que têm AIDS. Cogitare Enferm. 2010; 15(2):256-6.

(42) Seidl EM, Melchíades A, Farias V, Brito A. Pessoas vivendo com HIV/AIDS: variáveis associadas à adesão ao tratamento anti-retroviral. Cad Saúde Pública. 2007;23(10):2305-16.

(43) Camargo BV, Botelho LJ. Aids, sexualidade e atitudes de adolescentes sobre proteção contra o HIV. Rev Saúde Pública. 2007; 41(1):61-8.

(44) Conejeros I, Emig H, Ferrer L, Cabieses B, Cianelli R. Conocimientos, actitudes y percepciones de enfermeros y estudiantes de enfermería hacia VIH/SIDA. Invest Educ Enferm. 2010; 28(3):345-54.

(45) Nunes EL, Andrade AG. Adolescentes em situação de rua: prostituição, drogas e HIV/AIDS em Santo André, Brasil. Psicol Soc Florianópolis, 2009; 21(1):45-54.

(46) Brasil KT, Alves PB, Amparo DM, Frajorge KC. Fatores de risco na adolescência: discutindo dados do DF. Paidéia. 2006; 16(35):377-84.

(47) Toledo MM, Takahashi RF, De-La-Torre-Ugarte-Guanilo MC. Elementos de vulnerabilidade individual de adolescentes ao HIV/AIDS. Rev Bras Enferm. 2011; 64(2):370-5.

(48) Araújo AC, Lunardi VL, Silveira RS, Thofehrn MB, Porto AR. Transição da adolescência para a fase adulta na ótica de adolescentes. Rev Enfermagem UERJ. 2011;1 9(2):280-5.

(49) Fonseca AD, Gomes VL, Teixeira KC. Percepção de adolescentes sobre uma ação educativa em orientação sexual realizada por acadêmicos(as) de enfermagem. Esc Anna Nery. 2010; 14(2):330-7.

(50) Barbosa R. Estudo demonstra a necessidade de ampliação do acesso a serviços de saúde sexual para as adolescentes e mulheres jovens. Ciênc saúde colet. 2009;14(4):1141-9.

(51) Ribeiro AC, Padoin SMM, Paula CC, Santos EEP. Teens who may become infected with HIV and adolescents who have AIDS: narrative review. Brazil: 1999-2009?. Rev Enferm UFPE. 2010; 4(spe):237-43.


Abstract : 502 RESUMEN | RESUMO : 114 PDF (english) : 180 HTML (ENGLISH) : 262 HTML (Português) : 491

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Esta publicación hace parte del Sistema de Revistas de la Universidad de Antioquia
¿Quieres aprender a usar el Open Journal system? Ingresa al Curso virtual
Este sistema es administrado por el Programa Integración de Tecnologías a la Docencia
Universidad de Antioquia
Powered by Public Knowledge Project