Avaliação da velocidade, agilidade e força de membros inferiores de adolescentes praticantes de tênis de campo

William Cordeiro de Souza, Anderson Bonette, André de Camargo Smolarek, Tácito Pessoa de Souza Junior, Luis Paulo Gomes Mascarenhas

Resumen


Objetivo: Avaliar as capacidades físicas de velocidade, agilidade e força de membros inferiores (FMI) de adolescentes praticantes de tênis de campo. Métodos: A amostra intencional foi composta por 10 adolescentes do sexo masculino, com idade de 14 a 17 anos. Para avaliação da velocidade, agilidade e força de membros inferiores foram realizados os testes sugeridos pelo Projeto Esporte Brasil (PROESP-BR). Na análise dos dados foi utilizada a es­tatística descritiva (média, desvio padrão, frequência absoluta e relativa), o teste Qui-quadrado (x2) foi utilizado para comparar as proporções obtidas nos testes realizados. Resultados: Diante disso, foi observado um número significativo (p<0,05) de adolescentes com a velocidade, agilidade e FMI classificada como fraca. Conclusão: Pode-se constatar que os tenistas avaliados encontram-se com suas capacidades físicas abaixo do recomendado.

Palabras clave


Adolescentes, Capacidades Físicas, Tênis de Campo.

Texto completo:

PDF
Resumen : 539 PDF : 1167

Métricas de artículo

Cargando métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Esta publicación hace parte del Sistema de Revistas de la Universidad de Antioquia
¿Quieres aprender a usar el Open Journal system? Ingresa al Curso virtual
Este sistema es administrado por el Programa Integración de Tecnologías a la Docencia
Universidad de Antioquia
Powered by Public Knowledge Project